Ender's Game - O Jogo do Exterminador

, , 1 comment
Adaptação do clássico da literatura de ficção científica escrito por Orson Scott Card, Ender's Game - O Jogo do Exterminador tem muitos elementos interessantes e intrigantes, apesar de fazer algumas concessões em relação ao livro. A história de Ender Wiggins, um jovem recrutado por uma organização militar internacional para ser treinado e se tornar o líder na luta da Terra contra a raça alienígena conhecida como Formics, é bem contada, mas carecia de algum desenvolvimento dos personagens. O problema principal está no fato de que, por ser um filme cuja função principal é dar o pontapé inicial para uma nova franquia adolescente de sucesso, os produtores aparentemente não quiseram arriscar e lançar um longa-metragem com uma duração maior, pois isso poderia afastar o público-alvo.
A questão do público-alvo de Ender's Game é, claramente, um equívoco da Summit, o mesmo estúdio detentor dos direitos da série Crepúsculo. O livro de Orson Scott Card não é voltado para um público específico, pois traz questionamentos filosóficos e éticos que vão muito além de determinada faixa etária. Trata-se de uma obra densa e extensa, com diversos volumes e muitos desdobramentos, e o primeiro livro poderia ter um tratamento melhor pelo estúdio.
Apesar disso, o diretor Gavin Hood (de Infância Roubada e, desculpe, X-Men Origens: Wolverine) conseguiu realizar um filme digno dos fãs de ficção científica e que também pode agradar o público adolescente. Asa Butterfield (de O Menino do Pijama Listrada e A Invenção de Hugo Cabret) encarna com coragem o personagem principal, entregando uma atuação séria e que traduz bem todo o peso que Ender carrega sobre os ombros, sendo ainda um menino. O resto do elenco, entretanto, parece atuar no modo automático, todos fazendo o mesmo papel de quase sempre: Ben Kingsley, Harrison Ford e Viola Davis são os integrantes do elenco que estão lá para que a qualidade dramática do filme esteja assegurada, mas não têm o espaço que precisam para se destacar. Compreensível, já que o filme é sobre crianças sendo treinadas para salvar o universo, não adultos.
Na trama, o planeta foi atacado pelos Formics há 50 anos, matando milhões de pessoas, sendo só interrompidos por um herói que sacrificou a própria vida para destruir a nave-mãe dos invasores. Depois disso, todos os países se unem para criar uma força militar capaz de defender a Terra de futuras invasões. Como parte fundamental desta força, jovens gênios são recrutados e treinados para desenvolver sua capacidade estratégica em combate. Levados a uma estação espacial, eles se habituam com jogos de guerra até estarem prontos para a batalha.
Ender's Game fica melhor na segunda metade, quando começa a colocar em questão a ética de atacar e exterminar toda uma espécie de seres vivos. O ótimo gancho para a sequência está lá, mas com os resultados fracos nas bilheterias americanas, o destino da franquia é incerto. Há notícias de que a Lionsgate, dona da Summit, pretende desenvolver uma série de TV baseada nos livros (são 13). A história tem potencial para melhorar e se ampliar no cinema, mas, por ora, resta esperar.

Ender's Game - O Jogo do Exterminador (2013) on IMDb