Capitão Phillips | Diretor de 'A Supremacia Bourne' conta história tensa e marcante

, , No Comments
Aconteceu em 2009. O navio comercial americano Maersk Alabama, comandado pelo Capitão Richard Phillips, é sequestrado por piratas somalis quando navegava em águas internacionais próximas ao Chifre da África, uma área notória por ser infestadas de ladrões e sequestradores vindos do continente mais pobre do mundo. Tratava-se do primeiro sequestro de um navio americano por piratas em 200 anos, algo que acabou mobilizando a Marinha dos Estados Unidos na tentativa de resgatar o Capitão Phillips, que acabou sendo feito refém depois que a tentativa de sequestro do navio foi frustrada.
Baseado no livro escrito pelo próprio protagonista da história, Capitão Phillips é um filme perfeito para o diretor Paul Greengrass, que tem em seu currículo produções marcadas por um realismo interessante, caracterizadas por um estilo mais sujo de filmar, com a câmera na mão e quase a capacidade de captar a respiração ofegante e tensa de seus personagens.
Tendo Tom Hanks no papel-título, Capitão Phillips também se beneficia por toda a tensão presente entre o protagonista e seus antagonistas, os atores que fazem o papel de sequestradores somalis. Não é à toa, uma vez que o primeiro encontro de Hanks com o grupo de atores liderados por Barkhad Abdi (indicado ao Oscar de melhor ator coadjuvante) aconteceu somente na cena em que os piratas invadem a ponte de comando do Maersk Alabama. A escolha do diretor parece óbvia agora, como um artifício para ampliar o afastamento dos atores, mas não é algo comum em produções hollywoodianas.
Sem ter conseguido uma indicação - injustamente - Tom Hanks se mostra em excelente forma na arte de atuar. Sua interpretação do capitão é espetacular, combinando todo o desespero e pavor esperados em situações-limite como essa. Se a última cena em que Hanks aparece - coberto de sangue, em estado de choque sendo atendido por uma oficial médica da Marinha - não merece uma estatueta dourada, então o cinema não tem o menor sentido. Filmaço.

Capitão Phillips (2013) on IMDb